30 de julho de 2012

Eu queria ser você



E então tinha na minha sala essa garota maravilhosa que se chamava Sabrina.
Enquanto eu só tirava notas na média, ela tirava 10 e 9 em quase tudo. Enquanto eu ia para a escola despenteada e com cara de sono, ela estava sempre com os cabelos lindos, lavados e a cara de quem sempre acorda com o pé direito. Enquanto nenhum garoto gostava de mim, todos os garotos a adoravam e a achavam linda. Enquanto eu era péssima em esportes, ela era ótima. Enquanto eu mantinha as minhas poucas amizades, ela tinha as amigas mais verdadeiras e divertidas do mundo e a cada dia fazia amigos novos. Enquanto eu era desastrada e tropeçava todo dia na escada da escola, ela andava pela escola como uma modelo. Enquanto eu falava baixo e cantava mal, ela tinha uma voz linda e cantava como um passarinho.
Todos os professores a elogiavam, todos os colegas falavam como ela era legal com todo mundo, todos os garotos eram apaixonados por ela, e até a minha mãe me comparava a ela o tempo todo. Todos os dias, eu ia dormir torcendo para que eu acordasse milagrosamente no corpo dela, na casa dela, na vida dela, e ela na minha. Dessa maneira, meus pais nunca mais iam reclamar da filha. E eu nunca mais ia reclamar da minha vida.

Um dia fizemos um trabalho de escola juntas. Ela, como sempre, tinha ideias geniais e criativas para o trabalho, e eu apenas concordava combinava quando iria ligar para ela e que dia nos encontraríamos para fazer a maquete.
Liguei então para ela... e na sua voz reconheci um tom de choro.
- Alô?
- Oi, Sabrina, sou eu, tudo bem?
- *snif* Tudo, e com você?
- Estou bem... mas tem certeza que você está bem? Parece que você está chorando.
- Não é nada, eu só estou resfriada.
- Bem, se você diz... que horas nos encontramos amanhã para comprarmos o material da maquete na papelaria?
- Ah, pode ser depois do almoço, umas 2 horas da tarde.
- Combinado, então. Beijos, tchau!
Fiquei o resto do dia pensando se o que ela falou era verdade. E no dia seguinte ela parecia bem melhor.
- Ué, e o resfriado?
- Melhorei.
Compramos o material e combinamos de nos reunir na minha casa. Descobri que era verdade: ela realmente era uma pessoa muito legal e fazia jus à sua fama, o que só me fazia admirá-la mais. Uma hora sua mãe ligou, e logo em seguida ela me pediu para ir no banheiro, disse que não estava se sentindo muito bem. De 5 em 5 minutos eu ouvia a pia abrir e fechar. Eu bati na porta:
- Está tudo bem? - mas ela não respondeu.
Abri então a porta. Ela estava sentada no chão, atrás da porta, chorando, se escondendo o máximo possível de mim.
Ela não queria falar, mas eu insisti. E ela então me contou tudo. Contou que a mãe havia lhe dado uma bronca por não ter voltado pra casa mais cedo para cuidar dos irmãos menores. Ficou acusando de que ela estava usando a desculpa de fazer o trabalho pra ficar na casa de um namorado, que por sinal ela nem tinha. Disse que a mãe passava o tempo todo a xingando, deixando de castigo, fazendo ela cuidar da casa e dos irmãos, e de como era difícil conciliar todas as tarefas domésticas com os deveres da escola. Por fim, contou uma história triste de como o pai dela morreu em um acidente de carro há 5 anos atrás, antes dela ter entrado na nossa escola, e como desde então a vida tem sido difícil para ela.
E então eu entendi que para cada bem existe um mal e vice-versa. Deixei de pensar em como ela era sortuda e passei a valorizar a sorte de ter uma família que me amasse tanto e que cuidasse bastante de mim.
E desde esse dia eu e Sabrina nos tornamos ótimas amigas. E aprendemos a valorizar as diferentes grandes sortes que tivemos.

6 comentários:

  1. Nossa, que historia bonita ein!
    Bem que eu queria ter uma historia entre amigas assim, pra poder contar pros meus filhos depois ahaha

    seguindo aqui viu?^^
    gostei tanto do blog, que ja coloquei na minha listinha de blogs que eu leio, ada uma passadinha la no meu *o*
    Beeijos ! (:
    http://www.simplesebonitta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Linda história,mostra que nem tudo é um mar de flores,e também que muitas vezes julgamos sem saber...
    Em fim flor passei aqui para falar que voce ganhou uma entrevista com vc e com o blog por ter divulgado,na promoção estendida.A entrevista vai ficar bem bonita mais quero que respnoda algumas perguntas que passarei pelo comentário mesmo.Responda pelo comentário em seu blog mesmo!São 13 questões:

    1)Que artista vc mais admira?(Porque?)

    2)Qual sua comida favorita?

    3)Uma situação engraçada\constrangedora?

    4)Um sonho?

    5)Tres coisas nao podem faltar na sua bolsa?

    7)Cantor e musica favorita?

    8)Filme e seriado favorito?

    9)Qual é sua inspiração de blog?

    10)Quando voce está com raiva voce faz o que?

    11)Mudaria alguma coisa em sua vida?

    12)Pretende fazer o que no futuro?(Profissionalmente,e socialmente)

    13)Se voce pudesse fazer 3 pedidos quais quer quais seriam?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Não sou o tipo de fã muito dedicada, na verdade, mas se fosse dizer qual minha artista preferida, sem dúvida seria a Mariah Carey! Sei todas as músicas dela de cor, já vi todos os clipes, tenho todos os CDs e DVDs, mas infelizmente nunca fui num show dela, por falta de grana mesmo! A admiro muito pela voz e a técnica vocal dela, que é linda, e pela história de vida, que é bem interessante!

      2) Comida preferida? Chocolate com frutas, com certeza! Mas também nunca dispensaria pizza de calabresa, cheeseburguer, macarrão com molho de queijo, arroz de lentilha, ah, muitas coisas... hahahahahahaha!

      3) Situação constrangedora? Hahahaha, lembro que uma vez estava na minha casa de férias com minha prima, que tem a mesma idade que eu, e tínhamos acabado de acordar. Minha avó tinha saído e deixado a porta e a janela abertas. Assim que acordamos, começamos a cantar músicas que gostávamos (com um pequeno detalhe: estávamos cantando MUITO mal). Uma hora, ela puxou uma música de ópera que eu conhecia e começamos a cantar juntas. Na mesma hora, um grupo de garotos meio esquisitos estavam passando e nos ouviram cantar. Como achávamos que eles não estavam nos vendo, continuamos cantando, cada vez mais alto, até que uma hora eles pararam e falaram uns para os outros: "meu, tem duas meninas cantando ópera aqui!". Na mesma hora, nos escondemos, mas eles olharam pela janela e viram a gente de cabelo despenteado, pijama, e riram muito. Foi ao mesmo tempo muito engraçado e muito constrangedor!

      4) Não tenho um grande sonho na minha vida, mas eu realmente queria que o mundo fosse um lugar mais feliz, pacífico e mais justo.

      5) Acho que falar celular, chave e carteira é meio óbvio, não é? Vou dizer as outras 3 coisas então: escova de cabelo, porque o meu embaraça muito fácil, um bloquinho pra anotar coisas legais e batom para retocar.

      7) Bem, minha cantora preferida, como eu disse, é a Mariah Carey... mas eu não consigo escolher apenas uma música dela. Mudo de música preferida o tempo todo, mas se fosse escolher a minha música favorita no momento, seria Do It My Way, da Cher Lloyd.

      8) Filmes preferidos: Sem dúvida, Meninas Malvadas e o Fantasma da Ópera. Minha série preferida é Manual de Sobrevivência Escolar do Ned, mas a coisa que eu mais gosto de ver na tv é Chowder, sim, o desenho animado... hahahahahaha!

      9) Não me inspiro em nenhum blog, na verdade. Posto quase todo dia alguma coisa que me dá na telha mesmo, porque gosto de escrever e me comunicar!

      10) Quando eu estou com raiva eu passo o dia inteiro de mal humor, falo mal de todo mundo pra todo mundo, até choro, e no dia seguinte tudo passa! Mas é muito difícil me deixar realmente com raiva.

      11) Eu valorizo muito cada aspecto da minha vida, mas eu com certeza mudaria algumas coisas, como ter mais amigos (verdadeiros) e notas melhores na escola!

      12) No futuro, pretendo ganhar um bom salário ajudando as pessoas. Quero me formar em Direito e trabalhar no Ministério Público como procuradora da justiça. Não sei se quero me casar, depende da pessoa e do que eu sentir em relação a ela no momento. Não pretendo ter filhos, mas se eu mudar de ideia quero adotar uma criança pobre. Quero ter um cachorro, porque minha mãe nunca me deixou ter e eu adoro animais... Quero ter muitos amigos e me divertir muito também!

      13) 1 - Um mundo feliz e justo, como eu disse, 2 - Se for atualmente, passar no vestibular! e 3 - Ser feliz pra sempre :3

      Excluir
  3. Linda a história, Mariah vc é um vício com esses textos *-*
    Blog Garotas Do Contra

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto, ameei <3

    http://alittlemorethangloss.blogspot.com.br/

    bjs :D

    ResponderExcluir
  5. Ai que legal :) Eu gostei. Eu tbm tenho uma amiga assim q a conhece desde a primeira série, mas a gente n um se dava mto bem pq ela era do otro "grupo"de meninas da nossa sala e ai a gte nunca tinha se flado e qdo e era pequenininha eu gostava d um menino e dai ficavamflan q eles eram namorsado (mentira total) e ai eu fiquei mais chateada aind. E ela é linda, pefeia, inteligente, engraçada super gente boa, tem seus tropeços tbm. E este ano a gente começou a conversar e desde então eu gosto mto dela ela é incrivel e eu ficome perguntando e pergunto pra ela pq é q a gente num se flo antes, e ai ñ sabemos, deve ser por idiotice msm.
    Nossa, pensando bem, acho q eu sou uma mistura de vc e sua miga pela descrição, torando o fato q eu num canto ta~~o bem, é fala mio alto haha, e num sou linda maravilhosa enm mto inteligente, e os meninos só gostam d mim como amiga graças a Deus! hahah, nossa eu sou mto distraida, pago mico, hahah é nois :)
    bjão!

    ResponderExcluir

Seu recado é muito importante!
Qualquer que seja sua mensagem, vou ficar muito feliz em saber o que você gostou e o que eu posso melhorar.
Obrigada! (: