16 de dezembro de 2013

Fico solteira, mas não passo por...

... fazer coisas bregas de casal.
Alguns homens não sabem ser românticos e confundem isso com breguice. E quando você rejeita falar com ele com voz de bebê, dividir milkshake com um canudinho rosa e outro azul, fazer massagem nos pés dele, etc. e ele fica magoadinho, você sabe que está na hora de ter uma conversa séria.

... planejar uma família depois de 3 meses de namoro.
Ok, o garoto ainda nem disse que te ama, ainda comenta de outras garotas com os amigos, prefere sair a ficar em casa com você e discutia relacionamento aberto até ontem. Aí ele chega perguntando quantos filhos vocês vão ter e qual vai ser o nome deles? Foge.

... cumprir obrigações desnecessárias de casal.
Você acha que o namoro está indo às mil maravilhas, até que ele olha seu celular e pergunta: "por que seu plano de fundo não é uma foto minha?". No início é engraçado, mas depois ele fica insistindo. E aí ele coloca uma foto sua no wallpaper do computador. E enche o quarto dele com retratos seus. E vocês ficam parecendo casal nem.

... ir à encontros duplos/triplos/quádruplos/etc.
É como a primeira vez em que a sua mãe te leva na casa de uma amiga dela que tem filhas da sua idade. Você está o tempo todo sendo observada e pressionada para fazer amizade com meninas que você nem tem vontade de conhecer. Pior ainda, seu namorado fica tentando ouvir a conversa de vocês na expectativa de que você esteja falando dele. E se você ficar calada o tempo todo ou der o menor sinal de que está puta com a situação, sabe que vai rolar discussão depois.

... não ser vista mais como uma pessoa só.
Você é pressionada a trocar a sua foto "solteira" do perfil por uma com o seu namorado. Semanas depois, você não pode ir pra lugar nenhum sozinha sem ouvir um "e cadê seu namorado?". Poucos meses depois, você perde seu próprio nome e passa a ser simplesmente a "namorada do fulano".

... crises de ciúme desnecessário.
Sendo sincera, depois de arranjar um namorado homem nenhum olha mais pra você. Mesmo os que não te conhecem parecem ter um faro de "hmm, ela tem cara de que tem namorado, melhor nem olhar pra ela". E aí se você resolve ser simpática com outro garoto ou usar uma roupa que mostre mais o corpo, e você fica FELIZ porque alguém ainda repara que você existe independentemente do seu namorado, ficam falando que você está dando em cima do dito cujo.

... indiretas pós-término nas redes sociais.
Admita, você já fez isso! É inevitável! Você está com raiva, acorda todos os dias chorando pensando em tudo que você quer falar pra ele. Mas você não pode falar isso pessoalmente, pois não quer ver a cara dele. Nem por telefone, pois isso seria estranho. Então nem você nem ele têm outra saída senão encher o feed dos outros de coisas desnecessárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu recado é muito importante!
Qualquer que seja sua mensagem, vou ficar muito feliz em saber o que você gostou e o que eu posso melhorar.
Obrigada! (: